Calor x Frio: Compressas de gelo ou quente?

Compartilhe:
RSS
Facebook
Google+
https://www.drgustavoarliani.com.br/calor-x-frio-compressas-de-gelo-ou-quentes/
LinkedIn

GELO

1 – Em que situação de lesão deve ser utilizado gelo? Quais são os
exemplos de lesão?

No tratamento imediato após a lesão muscular aguda é consenso que se deve realizar aplicação de gelo no local. As lesões musculares mais comuns são as contusões ou “pancadas”e os estiramentos musculares.

2 – Como que o gelo deve ser aplicado? (Quanto tempo, qual a proteção recomendada entre o gelo e a pele, quantas vezes ao dia deve ser aplicado e se pode ser aplicado logo após à lesão)

O uso de gelo nesses casos é mais efetivo quando aplicado em várias sessões de 10 a 15 minutos com intervalo entre estas de 1 a 2 horas. As compressas de gelo devem ser aplicadas o mais breve possível após a lesão visando evitar a formação de grandes hematomas, o que possivelmente diminui a área da cicatriz no músculo. Deve-se evitar a aplicação direta do gelo na pele. Deve-se colocar uma toalha entre o gelo e a pele para evitar possíveis queimaduras.

3 – Há regiões do corpo que devem ser evitadas o gelo? Por que?

As compressas de gelo devem ser evitadas em feridas abertas, queimaduras e locais onde a pele é mais sensível (próximo as genitálias, por exemplo).

4 – O que o gelo provoca na região lesionada? (explicação anatômica de como a baixa temperatura age na lesão para tratá-la)

A aplicação de compressas de gelo na região lesionada, elevação e proteção do membro acometido, repouso e compressão do local são práticas que visam minimizar o fluxo de sangue e, consequentemente, a formação de hematoma e processo inflamatório no local. Teoricamente diminuendo a área de cicatriz formada no músculo e diminuindo o período de recuperação.

ÁGUA QUENTE

1 – Quando deve ser utilizada bolsa de água quente? Quais são os exemplos de lesão?

No tratamento após lesão muscular crônica pode-se realizar aplicação de compressas de água quente no local. As lesões musculares mais comuns cujo tratamento pode-se utilizar compressas de água morna são as lombalgias ou dores lombares crônicas.

2 – Quais são os métodos de aplicação de compressas quentes? (como preparar em casa algo que sirva para o tratamento, quanto tempo de aplicação, quantas vezes ao dia deve ser aplicado e se pode ser aplicado logo após à lesão)

As compressas de água morna, ao contrário do gelo, não devem ser aplicadas logo após a lesão ou trauma. Devendo ser utilizadas, quando necessárias, alguns dias após o trauma inicial. Deve-se aplicar as compressas por 10 a 15 minutos com intervalos de 1 a 2 horas. A aplicação pode ser feita com toalhas banhadas em água morna, compressas de gel aquecidas ou durante o banho.

3 – Há regiões que devem ser evitadas?

As compressas de água morna devem ser evitadas em feridas abertas e queimaduras.

4 – O que a alta temperatura provoca na região lesionada? (explicação anatômica de como a alta temperatura age na lesão para tratá-la).

O aumento da temperatura no local da aplicação da compressa leva a uma dilatação periféricas dos vasos sanguíneos. Este processo provoca um relaxamento da musculatura local, maior facilidade para chegada de fatores de crescimento, nutrients e células de reparação no local da lesão e diminuição da dor local.

Compartilhe:
RSS
Facebook
Google+
https://www.drgustavoarliani.com.br/calor-x-frio-compressas-de-gelo-ou-quentes/
LinkedIn

Author Info

drgustavo

Sem Comentários

Comente