Caneleiras no futebol: Protegem ou não nossas pernas?

Compartilhe:
RSS
Facebook
Google+
https://www.drgustavoarliani.com.br/caneleiras-no-futebol-protegem-ou-nao-nossas-pernas/
LinkedIn

O futebol é o esporte mais popular do Brasil e do mundo. O risco de lesões neste esporte é elevado. Estudos mostraram que um atleta profissional de futebol terá, em média, de 1 a 2 lesões por temporada, sendo a maioria destas lesões leves com retorno completo ao esporte em 1 a 2 semanas.

No entanto, algumas lesões mais graves estão presentes no futebol, como as fraturas. Elas representam de 2 a 11% de todas as lesões do esporte, com a maioria destas fraturas ocorrendo nos membros inferiores (33%). Sendo as fraturas da Tíbia (Perna) motivo de preocupações entre médicos e jogadores de futebol.

Esta importância deve-se ao fato de aproximadamente 10% do total das fraturas de tíbia estarem relacionadas ao futebol. Devido a estes números, a FIFA no ano de 1990 tornou o uso de caneleiras obrigatório no futebol.

Estudos mostraram que o uso das caneleiras é importante na prevenção das fraturas da tíbia, visto que distribuem as forças aplicadas a perna durante um contato. Estes equipamentos diminuem, respectivamente, em 11 a 17% e 45 a 51% , as forças e as tensões aplicadas a perna durante um impacto.

Estes estudos mostraram que as caneleiras são efetivas na prevenção da maioria destas lesões e devem ser utilizadas para proteger toda a extensão da perna.
As caneleiras podem ser feitas de diversos materiais (plástico, kevlar, plásticas com ar), todas apresentando certo grau de proteção ao atleta.

Logo, você que joga futebol, mesmo que ocasionalmente e não competitivo, deve usar estes equipamentos para proteger-se e evitar lesões indesejadas durante a prática do esporte.

Bom futebol a todos!!

Compartilhe:
RSS
Facebook
Google+
https://www.drgustavoarliani.com.br/caneleiras-no-futebol-protegem-ou-nao-nossas-pernas/
LinkedIn

Author Info

drgustavo

Sem Comentários

Comente